logo

Author: gabriela

28
out

Seja parceiro nessa luta

O câncer de mama afeta mais de 57 mil mulheres por ano, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer. Assim como a maioria dos casos da doença, quanto mais cedo é feito o diagnóstico, maiores são as chances de cura. Por isso, as campanhas de conscientização, como o Outubro Rosa, são tão importantes. E, por isso, é vital que as grandes instituições nacionais se engajem nessa iniciativa.

Pensando nisso, em parceria com o Hospital do Câncer de Barretos e a agência de comunicação Porta-Voz, a Ahead entra com tudo na reta final dessa campanha.Continuar lendo…

[LoginRadius_Share]
20
out

Quem não bate, ganha?

Existe uma crença política no Brasil de que fazer uma campanha de ataque é ruim – o famoso “quem bate, perde”. O senso comum nos leva a crer que os espectadores da disputa tendem a achar campanhas ofensivas ruins e que os candidatos que atacam seus oponentes são os piores. A pergunta que fica é: então a campanha vencedora certamente é a que não bate em ninguém?Continuar lendo…

[LoginRadius_Share]
14
out

Guerrilha de Congestionamento

Ficar parado no trânsito não tem a menor graça e é até causa de muito estresse para milhares de moradores de cidades grandes. Muitas empresas se aproveitam do rádio para atingir esse público entediado, mas o congestionamento guarda um potencial ainda mais impactante do que a mídia tradicional pode oferecer. Muitas pessoas no mesmo lugar, paradas e sem nada para fazer? Por que não ir até elas? O grupo artístico eslovaco Mini Teater foi.
Continuar lendo…

[LoginRadius_Share]
30
set

A invasão dos memes na política

Desde que se popularizaram, os memes (conceitos ou acontecimentos que se espalham via internet em vários formatos, especialmente montagens) invadiram inúmeros segmentos da nossa vida online ou offline; cultura, esporte, política, nada escapa do humor da internet. Mas que tipo de influência os memes podem exercer sobre uma campanha? Como eles se relacionam com a evolução política de um candidato?Continuar lendo…

[LoginRadius_Share]
21
set

De Obama para Obama: um grito contra a fome

De acordo com o Programa Alimentar Mundial (WFP), atualmente, 795 milhões de pessoas sofrem com a fome no mundo e a grande maioria dessas pessoas é de origem africana. O grande problema é que esses números já não geram mais o impacto necessário para chamar a atenção para o caso. A fome ficou ‘normalizada’ para a sociedade, que já não se choca como antes. Como chamar a atenção para essa questão?Continuar lendo…

[LoginRadius_Share]